5 passos para tirar fotos de alto impacto

Posted on







We will learn the impact of Photography for his photo reach your goal and become to a work

press, everything depends on how you use creativity, the tools and your goals.

Today the picture has become a language that covers all communication areas, are

they personal, business, institutional. And the relationship of photography with each now has

broad spectrum, ranging from hobbies to the most different sectors, with influence on

people’s lives, in the marks, and throughout society. This makes it difficult today to decouple

individual of his image, and society divided his attention between the real world and the virtual, and

Apparently it will be more and more.

 

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

In this scenario, plenty of technology and tools for the exercise of recording times,

family, educational work, business, social projects, increased in the same proportion. AND

careers before vertical photography, varying only issues today are cross-cutting and varying

several new themes and types of professionals. All areas use photography as

complement their activities, and thus learn the craft of photography is an important factor,

that leaves little choice. Best then is take this opportunity, as the

photo enlarged the chances of both professional activities, as their interests in

society.

 

Who not published a selfie promoting themselves with something nice that was being held,

lived and experienced?

 

The five items that can leverage your picture:

1. Creativity

 pessoa-alimentando-boto

The free expression and interpretation in creating your image is something very special and should be

taken into account without locks. Will is good? Is it right? Are questions that do not

must be answered, but practiced. As today is not spent to save a picture (as it was

with expensive negative and revealing even more), you can test your ideas and go tweaking

their creativity without resource problems and use this learning to their advantage. You dare.

Ousar seria a palavra recomendada, pois a partir de uma nova tentativa, geralmente vem boas

surpresas na imagem. Muitas vezes achamos que criatividade é algo de complexo pensamento, e

isso não é verdade, a simplicidade é muito criativa, justamente por fazer do menos mais. E assim

suas imagens com livre criação, tendem a despertar em você muito mais que imagina com a

construção de imagens que surgem e passam a ser impactantes.

 

2. Estudo

Juntamente com as ferramentas de fazer imagens e a disponibilidade, estão os materiais e

inúmeros exemplos de fotógrafos e trabalhos, resultados que tem afinidade com seu olhar e

sensibilidade, e nada melhor que adentrar ao estilo de outros profissionais, e/ou amadores

talentosos e fazer disso uma experiência enriquecedora a sua atividade fotográfica. Os estilos

orientam linguagem que amadureceram com o tempo. Não existe um raio que cai do céu e faz um

fotografo da noite para o dia. A foto poder ser instantânea, porém o fotografo não. É preciso estar

sempre observando como que um fotógrafo desenvolve suas imagens, não para ser copiada, mas

para servir de inspiração e complemento aquela natureza sua, onde está morando seu talento,

que é instigado por determinadas formas e técnicas, que lhe vem ao agrado. O que aquela

imagem causa em você, pode ser determinante nas escolhas dos estilos, que é sempre muito

pessoal e intransferível. Uma imagem de seu olhar é única, jamais poderá ser copiada. O

momento é único, jamais se repete da mesma forma. Sendo assim a cultura fotográfica é flexível

e infinita como a natureza.

 

3. Técnica

fotografo-a-noite

Eis aí onde você poderá deslanchar seu talento criativo e seus estudos. Porque escolher uma

técnica, ou algumas? Porque assim, você poderá aprofundar o seu estilo. Veja bem, a fotografia

como mencionamos no texto acima, ela hoje é uma linguagem, e o que isso quer dizer? Que é um

formato de comunicação, de ampla absorção e impacto. Uma foto como diz o ditado, vale mesmo

mais que mil palavras. Mas se você ao jogar com essa linguagem e disparar todo tipo de estilo e

técnica, muito provavelmente seu trabalho não terá uma identidade. E eis aqui o terceiro e tão

importante quanto os outros 2, sobre a sua fotografia, que será a sua identidade.

Existem, assim como as ferramentas, milhares de estilos e técnicas, o melhor a fazer, é

experimentar sua vocação, tanto observando outras fotos, quanto praticando a sua livremente.

Vais notar, que com o tempo, você tende a buscar um tipo de sentimento, um momento, uma hora,

uma cor. Isso vai orquestrando sua sinfonia na imagem. Com esses elementos se revelando,

também te dará as dicas de outros fotógrafos que vem de encontro em algum momento ao estilo

que começa a predominar em sua imagem.

 

4. Composição Artística

A fotografia é uma arte. Você está treinando, praticando um artista dentro de você no momento

em que inicia sua leitura da luz, dos elementos, é aí que nasce o artista. E para uma foto, seja ela

documental, jornalistica, de moda, de pessoas, de drama, de ficção, de teatro, de evento, qualquer

que seja o estilo e tema, a foto com arte será sempre superior a foto técnica. E a foto com arte

carrega em si uma técnica, mas a foto técnica não necessariamente tem arte, ela passa a ser uma

imagem e isso representa uma arte, mas ela não é uma obra. E nem toda foto com carga artística,

necessariamente vira obra de arte, mas vira uma foto com peso artístico e por sua vez, agrega

muito valor, sensível a esse artista e olhar. Essa relação artística é a que aprofunda e transforma a

imagem em pontes com quem venha a admirar e ou se angustiar com a mensagens e mil palavras

que aquilo representa.

 

5. Escolha um Tema

A escolha de um tema é naturalmente o momento de colocar em prática todos os elementos e

fazer então o que se chama de ensaio fotográfico. Fundamental escolher temas que lhe

provocam, que lhes geram curiosidades, prospecção de alma, pois isso alimenta muito sua

criatividade e facilita o desenvolvimento do artista, da imagem, da integração com o meio que

aquele tema existe. Eu por exemplo escolhi como eixo central de meus trabalhos a natureza, e a

sociedade de maneira sutil, reflexiva, porém o que me leva a carregar uma mochila pesada nas

costas e subir montanhas, ficar dias a fio longe de casa, correr riscos, é uma paixão que tenho

pela fotografia e pelo tema, que é a natureza.

 

Autor do texto : José Tezza




2 thoughts on “5 passos para tirar fotos de alto impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *