7 passos para economizar na sua Decoração!

Posted on

A Decoração pode ser mais fácil do que você pensa.

Geralmente nos deparamos com grande variedade de ofertas de produtos de decoração. Tendencias que mudam cada vez mais rápido, e somado ao orçamento apertado, temos uma combinação cruel para decorar.  Com a falta de tempo, deixamos a decoração para depois. No entanto, com um pouco de informação e uma boa estratégia, podemos chegar a valores acessíveis para decorar, sem perder a qualidade!  São 7 passos simples de serem feitos, que irá baixar seus custos de decoração:

 

Passo 1 – A Decoração de sua casa, tem que funcionar para seu estilo de vida

A boa notícia é que nem tudo depende de dinheiro, essa primeira dica o custo é zero. Veja de que forma estão distribuídos seus móveis, o fluxo de sua casa, procure usar a imaginação e projetar móveis em lugares diferentes. Verificando as medidas e novas possibilidades de combinações. Sempre bom lembrar evitar as”quinas” e obstáculos onde caminhamos mais por exemplo, evitando aquelas doloridas topadas.

Para começar a decoração da sua casa então e não se perder no caminho, separe os lugares por suas aptidões. Como por exemplo os ambientes de contemplação,  de  estudos, de lazer  e os lugares utilitários.  Dessa forma, pode ajudar organizar suas escolhas, e economias,  nas melhores combinações que certamente farão muita diferença e sem custo.

 

Passo 2 – Escolha com originalidade uma obra e conheça um pouco de sua história para sua decoração.

Toda peça de decoração como, quadros, cadeiras, móveis, espelhos tem uma história , procure conhecer o trabalho de alguns artistas que estão em fase de descoberta no mercado, geralmente  suas obras além de serem mais baratas, podem  fazer parte de algum projeto cultural, social, de incentivo, de circulação. Normalmente uma obra tem belas histórias, o que agrega valor e uma boa experiência para colocar no nosso sagrado lar, sem gastar muito. Claro que a ideia de decorar já é essa, e sob esse aspecto, o valor investido passa a ser cada vez menor diante do histórico da obra, que tende a valorizar a medida em que participa a cada ano de premiações e curadorias, e naturalmente agregará valor na decoração de sua casa, além de uma boa história compartilhar com amigos e familiares.

Passo 3 – Procure obras com materiais mais baratos e sem perder a qualidade estética e valor ao decorar.

Já foi o tempo que decorar era sinônimo de riqueza material. Estamos na era em que riqueza é cultura. Nunca vivemos com tanta informação, e por sua vez, um aumento significativo nas camadas de conhecimento, e com isso a facilidade de otimizar e produzir com custos mais baixos, não deixa de ser uma tendencia aceita no mercado e pelos criativos artistas. Alias, dessa nova era em que reciclados viram artes conhecidíssimas e os artistas plásticos usam spray´s, os admiradores de artes e artistas conta com uma vasta oferta criativa.

Além da opção de materiais reciclados, temos a opção de produções  industrializados muito bem cotados no mundo das artes, com esse perfil de democratizar a cultura, e assim, designer, fotógrafos, pintores, escultores, reproduzem suas obras de maneira a manter fiel a qualidade da réplica e conseguem assim, oferecer por um preço final acessível, o que colabora para que a obra passe a entrar no circuito de valorização a partir de sua casa. Geralmente com tiragens limitadas, quanto menos cópias, mais alto preço final. E para compensar a não exclusividade da obra, podemos encontrar artistas que certificam suas impressões em padrões internacionais, além dos avanços incríveis de impressão. Uma cópia em “canvas”hoje de custo baixo para sua decoração, pode durar  por exemplo mais de 100 anos.

Passo 4 – Na decoração, seguir a tendencia é uma boa ideia, mas sem perder identidade visual que você busca.

A Decoração hoje depende mais de suas escolhas e de te satisfazer, deixar seu ambiente mais agradável, do que o valor da peça em si, claro que é bacana ter uma obra que valoriza a medida que o tempo passa, mas o que a tendencia atual pede, é que devemos ser criativos, com obras acessíveis e elas terem uma identidade com quem adquire, a produção e gama de artistas hoje, sustentam uma indústria criativa de artes visuais impressionante, e temos diversos estilos em oferta, como exemplo de uma grande rede como “Imaginárium” , um bom exemplo de Pop Arte, as peças tendem a ser baratas e criativas, e que realmente dão um toque especial ao lar.

 

Passo 5 – Use a luz a seu favor

Um dos maiores aliados que podemos ter na decoração, é o aproveitamento da luz natural. Com sorte estamos em imóveis com sobra de luz. Mas caso seja o contrário, falta de luz, esse passo seria um dos prioritários. A falta de luz pode acarretar diversos problemas de saúde mental e físicas. Já temos provados que ambientes sem luz natural, tendem a ser mais deprimidos, e a falta de vitamina “D”, que é vital para nosso corpo e metabolismo geral.

Faça uma espécie de mapa de luz mental, observando cada entrada de luz e como ela se projeta. Luz demais em cima de um objeto, ou quadro, podem danificar rapidamente suas cores, texturas, assim como a falta de luz, geram fungos e que também prejudicam.

Uma vez verificado as entradas, e ou, a falta de luz, podemos aprofundar avaliando os tons de luz que predominam e isso ser um bom termômetro para escolha da decoração que irá comprar ou mudar de lugar em sua casa. Geralmente a luz de pôr do sol que adentra no ambiente, ser um ótimo canto para ambiente para servir um café, passar os finais de tarde, e assim, fazer desse ambiente uma projeção de decoração e escolhas de onde pendurar um quadro, tamanho, cores, textura das peças.

 

Passo 6 – Aposte no verde

 

Passo 7 – Uma imagem vale por mil palavra, e pode influenciar todo seu ambiente.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *