Lançamento dos “Quadros de Fotos” da coleção fine art AMAZÔNIA ANDES!

Posted on

Lançamento Quadros de Fotos da coleção fine art AMAZÔNIA ANDES!

Para os amantes da arte e da fotografia, LANÇAMENTO QUADROS CANVAS da Amazônia. É um lançamento com preços com desconto de até 60% nas telas em 3 tamanhos. Confira no site: http://www.loja.amazonandesproject.org

Acredito que cada nova criação e produção de arte, vem para somar com nossa cultura. É bem vindo diante do cenário atual de nosso país. Assim como as criações que representam a nossa cultura, nossa natureza  nossos talentos. Pensei  no melhor para produzir os quadros sem perder a qualidade. Esse é um fator essencial desde o início do projeto. 

_josetezza_amazonandesproject
Quadro de fotos da Amazônia

Então a coleção Amazônia Andes são quadros canvas, 100% algodão, impressão com certificação internacional. São peças de arte que foram feitas para durar. Em condições adequadas podem ultrapassar 80 anos.

Realmente gostei muito desse estilo de quadro(canvas), além da textura e durabilidade, estão prontos para colocar na parede. Canvas dispensa moldura, as bordas são extensão da fotografia que acompanha  a lateral do quadro.

Assim, a linha fine Art Amazônia Andes, foi pensada com muito carinho.  Participei de toda suas etapas, gosto muito de aprender e participar do processo de criação e produção.  

152_dsc_0585
Quadros de fotos Amazônia andes

Resumindo, toda essa história iniciou como livro e exposição que  circulou nas principais Bienais das América do Sul. Passou por  São Paulo, Curitiba, Manaus e Lima no Peru.  Também o México, na maior feira de livro da língua espanhola do mundo, a FIL de Guadalajara.  Foi uma experiência única, ver as fotografias dos biomas que considero sagrados, encontrar pessoas de diferentes visões e países. E ver os quadros de fotos, decorando diferentes ambientes, lares e espaços. Realmente uma grande alegria e um sentimento de gratidão. Como valeu a pena ter ido tão fundo no tema! 

A primeira grande surpresa que o livro trouxe, foi ser finalista do prêmio JABUTI em 2014. No ano seguinte, animei de produzir um filme do livro(já tinha banco de imagens), e que foi selecionado em CANNES em 2015. Como toda obra é fruto de muita dedicação, esforço e do coração, ver esses resultados foi uma experiência única. Muito bom ver seu trabalho reconhecido e em um cenário internacional.

Como podemos observar, procurei estar inspirado para esse desafio, de fazer esse livro e todos desdobramentos, de acertar a produção nos mínimos detalhes. Por muitos anos, acumulei alguma experiência pela floresta, e senti que essa seria a hora de projetar minha visão e ser autor de um livro com a visão mítica dos biomas. E assim, de alguma forma, contribuir com a arte, com a nossa cultura. O oposto de uma imagem superficial, publicitária, de passagem, ou popularmente conhecido como garimpagem.

Voltando a produção da obra, pergunto: Você pode imaginar o que significa fazer uma expedição por dentro da selva ? ou nas altas montanhas andinas? Para quem esteve em algum desses biomas, sentiu o calor extremo, abafado e úmido da floresta, ou das exóticas culinárias que existem como frutas, peixes, ervas e raízes. Se subiu as montanhas, visitou algum sítio arqueológicos nas lindas montanhas andinas. Mas é muito diferente permanecer períodos longos nessas regiões inóspitas e com a responsabilidade do ofício, diferente do entretenimento.

Hoje em dia, até que nas cidades médias e grandes cidades da Amazônia e dos Andes, oferecem relativo conforto e segurança para se viver. Porém, as cidades não representam e disfarçam totalmente a realidade que a natureza dessas regiões são de fato. A maioria das pessoas mesmo nascidas, e que vivem em cidades da amazônia, desconhecem como é adentrar por dias a fio na selva. Isso serve um pouco de consolo para quem vive longe dos Andes ou da floresta Amazônica. O recado é; são lindos, mas todo cuidado é pouco para ir a fundo.

No entanto, entrar na floresta é realmente uma experiência única, onde somos transportado para outro mundo, outra dimensão, e justamente por isso, não é uma tarefa simples, seja para quem for. É totalmente compreensível uma pessoa, nativa ou visitante, não querer ter exatamente essa experiência, são tantos mitos e histórias que alimentam nosso imaginário. São condições em que  ficamos alertas, desconfiados e com medo, e muitos reais motivos para isso.

São lugares que nos causam arrepios só de pensar, e comparo essas regiões a um afortunado e incrível laboratório natural. Todo cercado e protegido com armadilhas espalhadas para toda parte. Acredito que exista muitos segredos e benefícios para humanidade. E nosso sistema de desenvolvimento está acabando com tudo, antes mesmo de se conhecer isso.

A Amazônia é incrível, com suas árvores que mais parecem filme de ficção cientifica como mostra em “Avatar”. E que realmente inspirou diversas viagens e locações do diretor cineasta James Francis Cameron pela selva. São árvores gigantescas e seus cipós entrelaçados, as ramas tocam o chão desde as copas altíssimas e se fecham como cortinas o céu, o sol, amortecem a chuva. Tendem quase sempre a serem florestas escuras em pleno meio dia, úmidas por mais que não chova, e que fomentam uma atividade sem igual de formas de vidas e bichos, insetos, peixes, bactérias, vírus e entidades. Onde tudo parece ter uma chance de nascer e ninguém de viver. Para os povos nativos, foram séculos a fio sobreviver e saber tirar dela seus benefícios. De maneira sem alterar a aptidão maior dos Biomas, de ser caldeirão de milhares de seres, sejam nos andes ou na floresta.

amazonia-rio-tezza
Quadros de fotos Amazônia Andes e capa do livro

Devo minha forma de interpretar os Biomas aos nativos, foi através deles que o entendimento sutil e profundo passou a ter significado em minha vida. Dessa forma passei a compreender melhor de que maneira iria produzir meu primeiro livro de fotografia, depois de 17 anos de ofício, navegando nos rios e subindo montanhas, quase sempre parecendo mais com o infinito e colecionando dúvidas, do que respostas e certezas. Não é a toa que a floresta  tanto me conquistou, e conquista, enlouquece uma relação de curiosidade e respeito com aquilo que ao mesmo tempo que é encantador, também é fatal. Em poucos segundos distraído, e qualquer vida pode ser ceifada. Onde quer que você se abrigue, sempre estará muito próximo de um outro ser disposto a fazer de nós, um banquete.

Os Quadros Canvas da Coleção Amazônia Andes será  o meu primeiro lançamento nesse formato, depois da obra ser distribuída nas principais livrarias do Brasil e de a exposição ter uma boa itinerância na América do Sul. Com uma série de 20 fotos iniciais, a coleção terá até 250 fotos inéditas e com tiragem limitada.

Se gostou das histórias que envolvem o projeto Amazônia Andes, conheça a o lançamento da loja e aproveite os preços promocionais.

Para assistir meu vídeo explicando o projeto, veja aqui:

<iframe width=”560″ height=”315″ src=”https://www.youtube.com/embed/UhPDKIabUko” frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *